Propostas

JUVENTUDE E ESPORTES

A JUVENTUDE COM A FORÇA DE TELMA
Os jovens devem ser protagonistas na vida. Isso significa que eles precisam ter educação de qualidade e formação profissional, aliadas a opções de Esporte, Cultura e lazer, para decidir os próprios caminhos. Telma trabalha para que os jovens tenham cada vez mais oportunidades com a garantia dos seus direitos já conquistados. Para que isso ocorra, Telma vem atuando junto à Frente Parlamentar da Juventude no Estado de São Paulo, com ações específicas para o interesse dos jovens, como atividades culturais e esportivase o aumento da sua participação na sociedade. Ela também luta para a ampliação de escolas e cursos técnicos e profissionalizantes. Este trabalho de fortalecimento da juventude merece continuar e, para isso, a Telma precisa do seu voto.
 
TELMA AO LADO DOS ESPORTES
Como deputada estadual, Telma apresentou projeto para que as escolas públicas do Estado de São Paulo ensinem esportes radicais nas aulas de Educação Física. Outra proposta feita pela Telma visa à transformações das pistas de esportes radicais em multiuso, para que possam ser utilizadas por praticantes de todas as modalidades, como skate, patins e BMX. Também foi membro titular da Comissão de Assuntos Desportivos da Assembleia Legislativa e coordenadora de uma frente parlamentar para que a Baixada Santista recebe seleções estrangeiras durante a Copa do Mundo.
 
MAIS RECURSOS PARA OS JOVENS
Nos últimos anos, Telma tem sido uma grande apoiadora da juventude, propondo emendas para a destinação de recursos estaduais a municípios e entidades. Ao todo, são mais de R$ 1 milhão indicados para projetos de capacitação, de atividades esportivas e culturais, para implantação de academias ao ar livre, construção de pistas, reforma em praça poliesportiva, entre outros.
 
TÁ LIGADO?
A Praça Palmares, que reúne skatistas e ciclistas de toda a Baixada Santista, foi construída quando Telma era prefeita de Santos. E o melhor: o projeto foi elaborado, discutido e aprovado pelos jovens que utilizavam a praça.  FOTO
Santos foi a primeira cidade do Brasil a dar aulas gratuitas de surf. Isso aconteceu em 1992, no governo da Telma, que criou a Escola Radical de Surf e o projeto Cidade Radical, envolvendo as principais personalidades das modalidades e revelando talentos. Existente até hoje, a Escola Radical promove aulas para jovens, mas também ensina esportes radicais para idosos e deficientes físicos. FOTO
Foi com Telma que a capoeira passou a ser oferecida como aula dentro das escolas. Este projeto formou jovens que, hoje, são mestres nesta arte. Para Telma, a Capoeira é um forte instrumento para aliar Educação e Esporte. FOTO
A primeira ciclovia de Santos foi inaugurada no tempo que a Telma era a prefeita da cidade. A pista fica na Avenida Mario Covas (antiga Portuária), ligando a Ponta da Praia aos bairros Macuco e Estuário. FOTO
Já pensou em aprender grafite? Pois Telma criou a primeira oficina pública de grafite do Brasil. A grafitagem é uma forma de manifestação artística em espaços públicos, em geral muros e paredes. Atualmente, o estilo do grafiteiro brasileiro é um dos mais apreciados do mundo. FOTO
 
PROPOSTAS DA TELMA
- Regulamentar o Conselho Estadual de Deportos e o Conselho Estadual da Juventude;
- Lutar pela regulamentação de itens do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) ainda não implantados;
- Fortalecer os conselhos tutelares;
- Estimular esportes, artes e os movimentos populares e da juventude;
- Capacitação de treinadores e profissionais de Educação Física do Estado de São Paulo, com conteúdo da Capoeira;
- Instituir a obrigatoriedade das Ligas e Federações Brasileiras de todas as modalidades que utilizarem o Estado como etapas para competições, realizar no mesmo período promoções sociais em periferias dos municípios da localidade do evento;
- Oferecer isenção de impostos aos estabelecimentos de prática esportiva particulares como quadras, academias que disponibilizarem 10% de vagas para pessoas com deficiência e 10% para crianças ou adolescentes em risco social; 
- Instituir a obrigatoriedade de em espaços esportivos públicos e privados, como ginásios, academias e salas da prática da atividade física de ter em local visível por meio de cartaz ou placa o número de registro do profissional filiado ao Conselho Regional de Educação Física – CREF, responsável pelo espaço e / ou horário em que as respectivas modalidades esportivas estão sendo desenvolvidas;
- Incentivar a criação de parques esportivos no Estado.